Museu da Ciência [Rota Miami: day 9]

(Continuamos nosso relato de nossa viagem a Miami e redondezas, em agosto de 2017)

Hoje vamos pegar leve.  Os passeios serão menos cansativos, afinal,  crianças e vovô cansam !  Hoje o programa é de ciência e aventuras indoor, no  Museum of Discovery and Science.  Descobertas, bichinhos, curiosidades e bagunça em família, quase nada do que mais gostamos de fazer não é?

O Museu fica em Fort Lauderdale, cidade ao norte de Miami.  Parece longe, mas de carro e com as maravilhosas estradas não fica cansativo.  A entrada para este museu veio de graça junto com nosso ingresso para os demais parques que já falamos (Seaquarium, Lion Country Safari e Miami Zoo), então resolvemos experimentar.  Acabamos gostando muito, como vocÊs verão a seguir.  O museu  tem atrações bem legais para todas as faixas  etárias  e fica aberto de segunda a sábado de 10 as 17 horas e domingos de 12 as 18 horas.  Como fomos no domingo, aproveitamos para dormir a té mais tarde e chegar depois das 12:00horas.

Logo na entrada, vimos que o museu seria especial.  Tem um gigantesco relógio mecânico, que controla o tempo movido a bolinhas que correm em trilhos:

relógio de bolinhas do Museum of Discovery and Science

Já na entrada, diversas araras soltas:

As aves estavam soltam, muito mansinhas e a gente podia alimentá-las, mas nessa hora acho que elas estavam mais pra soneca. Uma das araras estava bem nervosinha, mas quem liga? Elas são lindas!

Em seguida, fomos para a área dos animais pré-históricos, como o Megalodon, parente do tubarão atual, porém beeeem maior.

Amor até dentro do tubarão! Visitando os animais pré-históricos e marinhos

A réplica do mamute foi o favorito das meninas:

Cuidado Bibia!
Mamute pequenino… e a loira escondida em baixo!

 

Barata sibilante. Eeeeca!

Elas gostaram de ver e de brincar com as estátuas de animais de outras eras e conhecer um mundo que só viam nos desenhos animados, além de saber que as baratas são animais muito mais antigos e muito mais resistentes do que imaginavam ser, insetos nojentinhos, argh!  Mas vale a experiência e o conhecimento adquirido vai para toda vida.   Foi uma aula de ciências para os adultos também!

E entre os mais famosos seres pré-históricos estão os amigos dinos, cada uma tirou foto com o seu preferido, cada um tem uma pelúcia do seu preferido comprada em outra viagem que dormem bem pertinho delas. O da Bia é um tricerátops chamada Stela
O dinossauro da Bebel é um Tiranossauro rex chamado Lucca. Olha ela imitando ele!
ovos de dinossauro?

Os ambientes de cada era são muito bem feitos com som e atmosfera que nos remetem mesmo àquela época.  Gostamos muito, mas vamos a outra atração.

Ainda no primeiro andar, tem um tanque gigante de lontras, que vem brincar com as crianças.  Isabel se divertiu com o bicho brincalhão:

Lá vai ela!!

Na parte que fala de geologia, a atração mais legal é a vitrine com minerais fluorescentes.  A vitrine interativa tem diversas fontes luminosas e, à medida em que mudamos a luz, diferentes minerais começam a brilhar!

Minerais brilhando!

Na parte dos mares, uma grande exposição de conchas e esqueletos de corais do litoral da Flórida, com peças em exposição e muitas outras que podem ser manipuladas:

Apesar de não serem mais tão pequenas, bem que elas quiseram ir no espaço infantil.  Para os menores, é ainda mais divertido… Aprendemos a alimentação saudável no espaço go Green e passamos às atividades e atrações mais radicais com experimentos e brincadeiras de ciência e física aplicada.

Aprendendo que o som de cada nota é uma onda diferente, de comprimento diferente

A interatividade nas experiencias  mostra como as teorias que aprendemos nos livros de ciências são aplicadas na vida real e com brincadeiras, jogos e vídeos.

Aqui vemos os Donnicis montando uma torre de imãs
Jogos interativos que desafiam e ensinam às crianças sobre matemática, formas geométricas, lógica e espaço
Just dance das galinhas “gargonzolas”, galinhas d’angola Isabel! E os loiros tentando acompanhar o ritmo das penosas

Há ainda simuladores 4d de passeio pelas Everglades.  A fila estava um pouco grande mas vale muito a pena ir.

Tem  ainda toda uma área dedidcada aos fenômenos meteorológicos da Florida.  Lá tem um simulador de um furacão, em que você entra e sente a força dos ventos.  Os painéis explicam a formação desses fenômenos e a destruição que eles causam.  Depois vimos nas imagens da tv o que aconteceu na região dias depois dessa viagem com os furacões que atingiram a costa da Flórida e foi assustador, ver lugares em que estávamos alguns dias atrás totalmente devastados!

Sempre tem um funcionário com um animal fazendo demonstração e deixando as crianças “interagirem”com ele, ótimo para distrair enquanto esperamos na fila do simulador 4d
Preparadas para a aventura nas Everglades?
Olha mãe fiquei com cabelo liso! Bibia no olho do furacão
Vovó só analisando a força do ventinho…

Saindo dessa aventura científica, vimos na praça logo em frente algumas feiras e muitos carros antigos, acho que domingo é mesmo dia de passear!

Resolvemos ir “almoçar” (lanchar na realidade) no TGI fridays,  já no caminho de volta para Miami.  As meninas gostam muito e queriam matar a saudade, mas é comida tipicamente americana, ou seja, fritura, pimenta e pratos grandes cheios de muita caloria…

Domingo tem dessas coisas, carros antigos pela rua de Fort Lauderdale.

Depois do almoço, ainda deu tempo para algumas comprinhas no caminho de volta.  Em Hollywood tem o centro comercial Oakwood Plaza.  Lá, fomos no Walmart e chegamos quase na hora de fechar na minha loja preferida de coisas de festa e afins: Party City.  Lá conseguimos comprar algumas das coisas que queríamos para fazer a tão sonhada comemoração de 7 anos da Isabel, com o tema de Moana.  Essa loja não era tão grande,  mas já fomos em outras que tem muita variedade de itens para fazer a festa completa.

balões e acessórios para todo tipo de festa

Nem todo mundo queria ir à Party City, mas ao lado no mesmo centro comercial  Oakwood Plaza tinha uma filial da Home Depot, uma loja imensa com material elétrico  tomadas, pilhas e afins que os Donnicis estavam loucos para comprar.

Um mundo de material de construção

Depois disso só passar no mercado e ir para o hotel tomar um vinhozinho e relaxar

vinho para fim de noite perfeito.  Vinho chileno mais barato que no Brasil! É mole?

See Ya!

Dicas deste post:

  • Fort Lauderdale fica a cerca de 1 hora de carro de Miami, vale a visita.
  • Museum of Discovery and Science: https://mods.org/
  • Gostamos de ir em Centros Comerciais diferentes nos EUA, como o Oakwood Plaza.  Estes centros normalmente são um grande estacionamento cercado por quatro ou cinco lojas muito grandes, como Walmart, Toys R’Us, Party City… Quanto mais longe dos centros turísticos, melhor a oferta de produtos e muitas vezes de preço também!
  • A Party City é ótima para conseguir itens para festas com temas não convencionais ou para temas que ainda não chegaram aqui no Brasil.
  • A Home Depot vale para ver itens  de ferramentas e materiais de construção que nem sonhamos por aqui.  Vale principalmente a seção de ferramentas, com preços bem atrativos.  Cuidado com o excesso de bagagem!!
  • é mais barato comprar vinhos chilenos nos EUA que no Brasil.  Aproveite e experimente vários!  Claro, não deixe de ver os californianos, que nem aparecem por aqui.
  • Veja a disponibilidade de ingressos promocionais para visitar os quatro parques por um preço promocional!

5 pensamentos em “Museu da Ciência [Rota Miami: day 9]”

  1. Que maravilha poder proporcionar estas maravilhas com as meninas. Conhecimento para a vida toda. Texto cativante. Parabéns pra você e Rafael.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *