Últimas comprinhas e a viagem de volta [Rota Miami, days 10 & 11]

[Este é o post final de nossa viagem a Miami e redondezas, ocorrido em agosto de 2017]

Estávamos já nos últimos dois dias dessa viagem incrível e divertida, que  reservamos para relaxar e fazer mais algumas comprinhas.  Mesmo visitando as mesmas lojas, mas indo em filiais diferentes, encontramos artigos diferentes e o que era pra ser apenas algumas coisinhas… já viram né?!  A gente sempre ouve dizer para não levar crianças no mercado que elas vão pedir tudo e mais um pouco.  Tem que ter muito diálogo e negociação nessa hora.

“prender”dentro do carrinho já é um começo. As lojas tem esses carrinhos com banquinhos que ajudam muito quando temos que andar por lojas enormes por muito tempo e as crianças ficam cansadas

Os hipermercados como a target e Walmart são exemplos de lojas que, indo em diversas filiais da rede, é possível conseguir artigos diferentes em qualquer parte da loja – seja na papelaria, roupas, brinquedos e eletrônicos. Nesse caso (e como já de costume), foram os brinquedos e em especial itens para bebês, já que estamos esperando dois novos sobrinhos pra outubro.  E dá-lhe olhar copinhos, brinquedinhos e roupinhas…

qual é melhor titias? Comprando potes de papinha para os primos que vão chegar em breve!

É incrível como vamos muitas vezes a mesma loja e conseguimos sempre achar algo que nos interessa.

Saindo dali, fomos para Little Havana, almoçar em um restaurante cubano muito bom e que nos foi recomendado.  E deve ser bom mesmo pois estava bem cheio, novamente atentando para o fato de estarmos em grupo de sete pessoas, então encontrar mesas grandes é um pouco mais difícil mas nada de mais. Atente também para a gorjeta no final que é sempre maior!

La Carreta restaurante cubano tradicional
Um mesão para a família toda despedir-se dessa viagem
Servidos de uma limonada geladinha?
E matando a saudade do arroz com feijão e churrasco!

A dica é que o La Carreta é frequentado tanto pelos turistas como nós quanto pelos locais – o que indica que a comida é realmente boa.

A comida lembra a nossa comida brasileira, mas eles tem uns acompanhamentos e temperos diferentes , como o fufu de banana verde, ou seja, uma espécie de purê de banana verde que até estava gostoso, e muito mais pimenta na comida não é? Tem-se que ter cuidado com as crianças nesse caso!

Abastecidos, vamos encontrar os últimos eletrônicos da lista de desejos e voltar para o hotel, para  arrumar as malas para o retorno.   Então vamos para uma paradinha na Best Buy.

Esse carrinho é tudo quando se está com crianças

Tem coisas que compramos para facilitar a vida e que só encontramos com essa facilidade e preço, in America. Carregadores de celular, tomada universal, baterias e outros eletrônicos que facilitam a vida.

A novidade que vimos muito nesta viagem foram os assistentes para casa, como o Google Assistant e Amazon Echo.  Muitas lojas vendendo  diversos assistentes e acessórios, permitindo que a casa dos Jetsons finalmente chegue!

As meninas adoraram brincar de Alexa.  Por comando de voz, ela faz e responde a diversos comandos, tudo em inglês é claro.  Portanto mais um motivo pra treinar o idioma, além de servir para controlar a casa.

O último dia foi só para arrumações finais e esvaziar a geladeira.  Esta parte  não deu muito certo, pois compramos besteiras demais… Algumas levamos para o aeroporto para beliscar enquanto esperamos o horário do nosso voo, mas mesmo assim…

purê de maçã e reméedioos!!  Frase falada por um personagem em um desenho que o  Tio Dani assiste…

No aeroporto de Miami, longas filas da TSA para a revista do embarque, mas achamos um detalhe muito simpático: Após as crianças passarem pelo detector de metais, elas ganham um adesivo de Assistente Junior da TSA, o que acaba tornando o processo um pouco menos chato.

corra que a polícia vem aí! Os agentes da TSA colocam esse adesivos nas crianças como uma maneira simpática de brincar com elas

Apesar da longa espera no aeroporto, foi uma viagem memorável.  Muitos lugares diferentes, uma Miami diferente da Miami que vemos na TV e alguns lugares que as pessoas não visitam normalmente, e que foram muito divertidos. Agora só nos restam lembranças e a vontade de viajar de novo. Essa é inesgotável!

E aí? Partiu?

see ya

  • A cota de importação em bagagem acompanhada para o Brasil, por via aérea,  é de USD 500.  Caso passe deste valor, declare os itens através do aplicativo da Receita e pague o imposto de forma facilitada no desembarque
  • Dá vontade de comprar muita coisa, principalmente os eletrônicos.  Priorize aqueles que ainda vão demorar a chegar por aqui, ou que chegarão com um preço muito alto.
  • Muitos eletrônicos já são fabricados iguaizinhos aqui no Brasil, então verifique o preço para ver se vale a pena trazer de lá – a garantia normalmente é mais chatinha caso aconteça algum problema.  Temos visto que celulares, tablets e alguns notebooks são mais vatajosos comprar aqui no Brasil.
  • Conheça mais sobre a Amazon Alexa, assistente pessoal que está conquistando o mundo.

 

2 pensamentos em “Últimas comprinhas e a viagem de volta [Rota Miami, days 10 & 11]”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *