Louvre! Rota Kids realizando sonhos, dia 4.

Bonjour, mon ami!

Hoje, vamos visitar mais um dos maiores pontos turísticos de Paris e do mundo: Museu do Louvre.  Mais uma loucura Rota Kids? Afinal, todo mundo diz que é impossível visitar todo o Louvre em um só dia, imaginem com duas crianças! Será?

Não pensamos assim.  Nada é impossível se você realmente deseja alguma coisa.  Então, se seria um pouco difícil de ver tudo, vamos por ordem de prioridade.  Listamos as principais coisas que gostaríamos de ver no museu; daí o resto seria lucro.

Como na maioria das atrações em Paris, você consegue também chegar ao Louvre de metrô sem precisar de muita caminhada, nem muito estresse, apenas o desconforto das revistas de bolsas e casacos, mas segurança acima de tudo!  Compramos os ingressos e entramos pela pirâmide!

DSC03298
Contraste de estilos arquitetônicos logo na entrada do Museu do Louvre
Novamente sem filas! Facinho de comprar ingresso.
Novamente sem filas! Facinho de comprar ingresso.

Partindo da lista de prioridades começamos a procurar o Egito, as meninas queriam ver as múmias.  Mas no caminho passamos pela área que fala um pouco sobre a história do museu e explica todas as alas, como é dividido o palácio, o que foi e como se transformou nesse magnífico museu: Le Pavillon de l’Horloge

DSC03312
Foto da maquete interativa do museu, explica cada parte e oque tem em cada lugar. O museu é dividido em três alas: a Ala Sully a leste, que contém a Cour Carrée e as partes mais antigas do Louvre, a Ala Richelieu ao norte, e da Ala Denon, que faz fronteira com o Rio Sena para o sul.

Passando mais adiante, conseguimos finalmente chegar ao Egito, com a história dos Faraós e escritas antigas, tudo para fascinar qualquer um, imaginem crianças curiosas e que gostam tanto de arte antiga e história do Egito (por que será isso?).

DSC03318
Decifra-me ou te devoro, Bia e a esfinge
DSC03421
Muitos sarcófagos

Muita arte, cultura, história e arquitetura!  Bia ficou um pouco decepcionada, pois só havia uma múmia!

Seguimos pelo roteiro traçado, sempre olhando o mapa para não se perder! Salões e mais salões riquissimamente decorados e com obras de artes fantásticas.

O museu  em si já é uma atração!
O museu em si já é uma atração!

Seguindo em frente, passamos por outra obra icônica do Louvre: A Vitória Alada:

Mármore com detalhe incrivel
Mármore com detalhe incrivel

A escultura grega, do segundo século A.C., tem grande destaque em uma escadaria e realmente é imperdível.  O mármore esculpido de uma forma que realmente parece que há uma roupa na deusa.

Tudo bem, vamos ao próximo item da lista, porém não menos importante e especial: A Monalisa!

DSC03510
Só com as meninas
DSC03513
Agora só com ele!
DSC03516
Olha elaaa! Magnífica obra de Leonardo da Vinci

A Monalisa é uma das principais obras de arte expostas no Louvre, todo mundo vem para contemplar essa grande obra, no entanto, reparem que não tem muvuca, nem filas.  Perderam o interesse pela obra?

Conclusão que chegamos, o bom mesmo é chegar cedo e priorizar La Dona, afinal o restante do Museu pode ser visto com calma e tranquilidade durante o restante da visita.  Nesta época também o museu tem menos visitantes, o que permitiu tirar estas fotos sem tumulto!

Mais uma vez, valeu a pena o planejamento prévio. O resto agora é lucro!

Passamos ainda pela Madonna of the Rocks, outra obra conhecida de Da Vinci:

DSC03507
Lembram do Código da Vinci?
DSC03464
As obras são muito bem ambientadas em todas as alas, e de uma curadoria incrível
DSC03519
Vista do jardim interno do Museu do Louvre

Após uma parada para almoço rápido em um dos restaurantes, visitamos o subsolo, as lojas e demais atrações e fomos passear pelo Jardim das Tulherias, e então começar novamente a caminhada pela avenida Champs-Elysées, desta vez pelo lado oposto (seguindo em direção ao Arco do Triunfo).

DSC03524
Olha a roda gigante!

Aqui também havia uma roda gigante, mas resolvemos deixar para ir na London Eye em Londres.  Ah, se arrependimento matasse!!

DSC03546
Monumento e trânsito de Paris.  O obelisco é egípcio!

Além de olhar as lojas da Champs-Elysées, resolvemos seguir as dicas do Vovô Julio e passear pela Rua de Rivoli, onde encontramos uma lojinha atrás da outra de gifts e todo tipo de lembrancinha a preços mais baratos. E, no fim do dia, resolvemos ir ao mercado e comprar algumas coisinhas para fazer um “jantar” in door, ou seja, resolvemos lanchar alguma coisa no quarto mesmo.  Queijos e vinhos, e sanduiches e chocolates para as meninas!  Você fica até espantado com a qualidade, variedade, de queijos, presuntos, pães… mesmo em um mercadinho de bairro.

Jpeg
delícias no quarto

See ya

Dicas deste post:

  • Não.  Você não vai conseguir ver o Louvre inteiro em um dia. Ou dois. Ou três.  Priorize as alas que interessam mais a cada um dos membros da família.  Depois de cumpridas as “metas”, passeie sem muita preocupação.
  • Crianças não pagam para entrar no Louvre.  O ticket para adultos custa 15 euros.  Isto sim é incentivo à cultura.
  • O Louvre é grande.  Muito grande.  As crianças vão cansar.  Deixe elas descansarem e recuperarem as energias, nos banquinhos espalhados pelo museu ou nos restaurantes.  
  • Se for em um mercadinho fazer compras, divirta-se com a variedade de queijos!  Eles sabem o que fazem.  Compre vários, de pequeno tamanho, para degustar.
  •  Os vinhos nacionais aqui também são bons e baratos! 😉
  • A Rue de Rivoli é lateral ao Louvre e tem dezenas de lojinhas de souvenirs, com preços bons.

 

 

7 pensamentos em “Louvre! Rota Kids realizando sonhos, dia 4.”

  1. Parabéns mais uma vez! Também visitei o Museu do Louvre como vcs: escolhi o que queria ver e depois fui passeando pelo museu! Grande dica da Rue de Rivoli!

  2. Em Paris comprei um passe de 2 dias (deveria ter sido o de 3…) que dava direito a varias atracoes, incluindo o Louvre. Ficou barato e tinha fila preferencial, que no Louvre nos poupou de uma graaaande espera.

    1. Boa dica, Leo! Avaliamos esses passes antes de viajarmos, porém para nosso roteiro não valeria muito a pena. Mas sempre é bom verificar, de acordo com as atrações que deseja. Além disso, pegamos 0 de fila em Janeiro, o que seria um dos principais atrativos do passe. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *