Rota Kids realizando sonhos, dia 2 : Rumo a Paris

Enfim, o tão chegado dia de finalmente ir para Paris! Mas nem tudo é glamour, tivemos que acordar beem cedo, pois o check out do hotel da Royal air Maroc era às 5 da matina e o nosso voo saia as 7:00 de Casablanca rumo à Cidade Luz. Muito sono mas o sonho valia a pena.

Jpeg

E a gente pode dormir no avião quase no colo da mamãe né?!

Jpeg
E tomar café no avião. Hummmm!

Esse voo foi mais curto e, descontando o fuso, chegamos a Paris mais ou menos nove da manhã.

A Oca número 1 do dia foi a imigração no aeroporto de Orly.  Havia muita gente na fila e nenhum guarda para organizar.  Resultado: muita confusão, gente furando a fila, pessoas discutindo… Enfim, algo que realmente não esperávamos ver.  Perdemos um bom tempo nesta confusão.  No final, o procedimento de segurança foi mínimo, apenas o carimbo no passaporte.

Depois de passados todos os procedimentos de passaporte, ufa, e como estávamos apenas com bagagem de mão, resolvemos tentar ir de VLT (tram/bonde) para o hotel.  Hummm. Oca número 2: começou a chover, então andar na chuva com criança e mala já não era um programa tão fácil assim… Mas vamos lá…

O sistema de transportes de Paris é famoso por ser eficiente e ter uma malha muito abrangente, ou seja, consegue-se ir a qualquer lugar de transporte público.

Oca número 3:

Acompanhamos pelo twitter que tinha dado ruim no tram!
Acompanhamos pelo twitter que tinha dado ruim no tram!

Xiii, deu ruim na linha em que estávamos e o VLT não poderia seguir viagem!  Salta todo mundo e tenta ir até a próxima estação, repito com mala, criança e chuvinha chata, mas era perto, vamos lá que daqui não tem mais o que fazer… Nada do VLT aparecer, e a hora passando e a fome chegando… desistimos depois de algumas idas e vindas da estação e resolvemos ir ao centro comercial Belle Epine que, por sorte, estava perto.   Almoçar, relaxar e depois ver como chegar até o hotel. Feito!

Mas nem tudo é simples, lembrando estávamos com malas, e a segurança local revistando tudo, então dá-lhe abrir bolsa, tirar casaco,aff!  Eles têm razão de quererem se proteger, mas que é uma coisa chatinha, é!

Então, para melhorar o humor de todos, vamos comer, e aonde você vai quando você tá com muita fome e está em um lugar desconhecido? Procure o grande M!

Jpeg
Afinal mac lache feliz tem em qualquer lugar e deixa a criança muito feliz mesmo! Ah isso aí é “polpa de fruta”

Agora você está pensando: ela vai falar que o centro comercial de Orly foi a oca número 4.  Sabe que não?

O centro comercial Belle Epine é bem grande e diversificado, tem até um Carrefour dentro, então aproveitamos para dar uma olhadinha nas lojas, já que estávamos ali mesmo…

Jpeg
Vista de um dos pavilhões do centro, bem iluminado e espaçoso
Jpeg
hora de começar a pesquisar os preços dos itens nas listas de comprinhas

 

belle-epine
mapa do Centro Belle Epine

Depois de comer também alguns macarrons, resolvemos procurar enfim como ir de fato para o hotel, desta vez vamos de táxi mesmo.  No centro de informações a atendente chamou um taxi que nos levou pra o nosso hotel Ibis Gare de L’Est.  A esta altura, tínhamos desistido do experimento de transporte público.

Ao chegar no hotel, já estava nos esperando nossa encomenda na Amazon.fr: um kit de Packing Cubes, cubos organizadores de bagagem, sobre os quais falamos no nosso último post antes da viagem.

Enfim, pudemos descansar e planejar de fato as atrações do dia seguinte: Torre Eiffel no top da lista.

see ya

Dicas deste post:

  • Os procedimentos de segurança no aeroporto de Casablanca são rígidos. Assim que chegar, passe logo para a área interna (airside) pois, dependendo da fila, pode-se demorar a realizar todas as etapas.
  • A Royal Air Maroc serve chá, café e iogurte em todas as refeições que, por sinal são bem caprichadas.
  • Existe um twitter para cada linha de transporte de Paris.  É legal seguir as linhas que pretende utilizar para se informar rápido sobre algum problema.
  • Na hora do aperto com as crianças, vá para um Mac Donald’s.  São iguais no mundo todo, dá para sentar e pensar nos próximos passos.
  • O metrô, VLT e trens de Paris possuem o mesmo bilhete, que pode ser adquirido em divesos quiosques.  O mais vantajoso é comprar os carnets com 10 viagens (são 10 bilhetinhos individuais).  Crianças pagam meia, lembre disso para comprar o carnet de bilhetes de preço reduzido.
  • Ao escolher um hotel em Paris, preocupe-se mais se ele está perto de uma estação de metrô do que se está perto de uma grande atração.  Você irá usar muito o transporte público, então ficar perto de uma estação grande (com mais de 1 linha) é um grande benefício!
  •  Pode ser mais prático comprar coisas na Amazon e mandar entregar no hotel do que sair procurando em lojas.  Isto vale mais ainda para itens específicos, como os packing cubes.  Falaremos mais sobre eles em um post sobre arrumação de malas!

8 pensamentos em “Rota Kids realizando sonhos, dia 2 : Rumo a Paris”

  1. Fora, esse incomodo com o transporte público, tiveram alguma problema de comunicação?
    Os franceses dizem, são um povo frio e pouco hospitaleiro, tiveram alguma dificuldade
    referente a isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *