Novo programa de pontos da Livelo:  por que vale a pena

A Livelo (programa de pontos do BB e Bradesco) lançou um programa de compra de pontos, similar ao clube Smiles e assemelhados.  Vamos ver se o programa traz alguma vantagem para as nossas estratégias de viagem.

Os fatos

Na categoria mais elevada,é possível ganhar 100 000 pontos no primeiro ano, pagando R$ 199,90 por mês.  Com isso, o custo para cada 10 000 pontos fica em R$ 240,00, o que já é razoável. Mas pode ser ainda melhor, veja como:

Todo ano há promoções para transferência de pontos para as companhias aéreas, com bônus de 30 a 60 %, às vezes até mais. O preço de compra, que já estava bom ficaria imbatível.  Dá para pegar bons trechos com esta quantidade de milhas, inclusive promoções para classe executiva.  Outra alternativa seria pagar hospedagem de hotéis com pontos, por um custo menor do que se fosse comprar direto.  Essa é uma estratégia que gostamos de usar em nossas viagens, e parece que com o Clube Livelo, ela vai ser novamente ativada!  Vamos dar um exemplo.

Hospede-se com pontos

Já falamos em diversos posts que gostamos de nos hospedar na rede Accor, e que utilizamos bastante o programa Le Club de fidelidade.  Cada 2000 pontos do programa Le Club correspondem a 40 euros em hospedagem, para qualquer destino, sem datas bloqueadas.  Vamos ver como levar estes pontos do Livelo para o Le Club, e se há possibilidade de arbitragem.

Como converter Livelos em Le Clubs

Os pontos Livelo não podem ser enviados diretamente para o Le Club.  Mas a Multiplus permite o envio para o Le Club.  No momento deste post, a taxa de conversão está em 6000 Multiplus = 2000 Le Clubs.

Imagine que você pagou os R$ 2400,00 acima, ganhou 100 000 Livelos. Aí, aproveitando a promoção da Multiplus (vamos imaginar 30% de bônus), transferiu os pontos para lá:

100 000 Livelos = 100 000 Multiplus + 30 000 Multiplus bonus = 130 000 Multiplus

…que depois convertemos em Le Clubs:

130 000 Multiplus = 43 300 Le Clubs = 866 Euros.

Ora, se pagamos R$ 2400,00, e conseguimos 866 Euros, nosso “câmbio” foi:

1 Euro = 2400/866 = R$ 2,77!

Logo, se eu reservar um hotel Accor com os pontos acima, vou gastar R$ 2,77 por cada euro, enquanto que no meu cartão, gastaria (hoje, 14/10/2016) R$ 3,62.  Se for um hotel no exterior, some mais o IOF, daria R$ 3,85!

Lembre-se que as transferências acima variam com o tempo, e o valor do euro também, então é bom ficar atento para realizar as transferências no momento mais oportuno.  Ao transferir para o Le Club, há a vantagem adicional de “travar” o câmbio, já que seus pontos ficam valendo em euros.

Reserve tempo para as trasnferências

Uma última dica: ao transferir os pontos de um programa para outro, há um tempo de processamento.  portanto, ao planejarsua viagem, reserve pelo menos uns 30 dias para realizar todas as suas transferências antes de comprar sua passagem ou reservar o hotel, para ter tempo de sobra e não se estressar.

E você? Tem alguma outra idéia para utilizar os pontos? Mande para nós nos comentários!  Ou para nosso email (rotakids@rotakidsbrasil.com.br) com suas dúvidas, que vamos responder por aqui!

 

See ya!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *