Rota kids on the road: day 2 – Curitiba

Cada  lugar que a gente visita aprendemos algo novo, potanto se você não conhece o lugar, nunca foi ou nunca nem viu o mapa, siga fielmente as orientações do gps. Sim esse é hoje um item essencial em viagens rodoviárias. No entanto, com um pouco de bom senso e pesquisa prévia no mapa do lugar, você pode encontrar rotas alternativas que te pouparão tempo e gasolina, pois o gps nem sempre leva em conta o tráfego e para sair de São Paulo a qualquer hora do dia é preciso conhecer rotas com menor trânsito.

Saia de São Paulo abastecido, a estrada seguindo para o sul é bem vazia de pontos de apoio, e postos de gasolina. Depois de Registro então, só em Curitiba mesmo. Planeje o combustível para não ficar na estrada e liste as paradas possíveis, atentando para a localização no sentido da via para evitar a necessidade de retornos na estrada, poupando tempo de viagem. Atente também que a mesma rede de paradas possuem postos bem próximos uns dos outros, então procure sempre parar no seu lado da via.

A rodovia Régis Bitencourt tem muitas curvas e então o motorista tem que ter atenção redobrada, além de ser rota de muuuitos caminhões. Por outro lado, a paisagem é muito bonita, dá até para estudar geografia na prática. Mostramos para a Beatriz a diferença da vegetação do Rio de Janeiro onde predomina a mata Atlântica e aqui no sul onde encontramos a floresta de coníferas.

” Coni o quê ?”

As árvores com formato de triângulo, como os pinheirinhos de Natal!

As paisagens parecem mesmo saídas dos livros de geografia, vegetação típica da região sul do Brasil é a floresta araucária, coisas que só havia visto no livro mesmo ou no máximo no Globo Repórter.

As Coni-alguma coisa
As Coni-alguma coisa

Bom, chegamos em Curitiba quase 3 da tarde, ficamos no IBIS Shopping Curitiba, nesse só pudemos nos acomodar em dois quartos, mas pelo menos eram um ao lado do outro.  Hoje foi a Bia que dormiu com mamãe. Depois de alojados fomos dar uma volta a pé e conhecer a famosa Rua das Flores. Acho que deve ser mais bonita à noite e na primavera, mas tem muito comércio e acabamos almoçando no Mc Donald’s às 4 da tarde.

Pedacinho da rua das Flores
Pedacinho da rua das Flores

Voltamos para o hotel procurando por uma loja de balas e gifts que vimos na ida, chamada Casa da Bruxa. A Bebel adorou a fachada com os olhinhos mexendo.

Casa da Bruxa
Casa da Bruxa

Depois, foi a vez de  encontramos com minha amiga de infância e irmã do coração que mora em Curitiba há muito tempo e que eu não via há muito tempo também.  Jantamos maravilhosamente em uma Tratoria recomendada pela Carol!

Meninas em Curitiba!
Meninas em Curitiba!

Carol adoramos te ver!

Nosso próximo post será sobre Pomerode!

See ya…

Dicas deste Post

  • Os softwares de GPS sem consulta ao tráfego vâo sempre te mandar para as principais avenidas engarrafadas.  Os com consulta ao tráfego podem te mandar para aquelas ruas super vazias e provavelmente perigosas.  Procure ponderar bem sobre as vantagens e desvantagens de cada um.
  • Ao chegar e sair de uma cidade como São Paulo, procure evitar os horários de rush.
  • Entre São Paulo e Curitiba, a estrada tem bastantes curvas, muitos caminhões e pode ter neblina.  Toda a atenção se faz necessária!
  • Vá de tanque cheio nesse trecho – poucas paradas no caminho.
  • Faça uma parada a cada 3 horas aproximadamente.  Procure paradas grandes e de redes conhecidas.  As paradas também são divertidas para as crianças.  Algumas tem veradeiros parques!

3 pensamentos em “Rota kids on the road: day 2 – Curitiba”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *