Arte, cultura e conhecimento!

Chegamos em Florença já de noite e resolvemos descansar um pouco para que no dia seguinte todos estivéssemos bem para desfrutar as belezas da cidade, e também para que Isabel melhorasse!

Ficamos todos num mesmo quarto dessa vez no Novotel Firenze Nord que possuia um serviço de shuttle para levar-nos ao centro da cidade, que saía em horários específicos mas bem flexíveis e nos deixava próximos, ou quase, dos locais aonde pretendíamos visitar. Mesmo assim, sempre pegamos os caminhos mais complicados…

Florença é uma cidade super preservada, respira arte e história, por isso não tem metrô e os carros não podem circular pelo centro da cidade, portanto mesmo que optássemos por ir ao centro de carro, íamos ter que deixá-lo perto de onde o shuttle nos deixou, então evitamos aborrecimentos e fizemos passeios a pé. Confesso que as meninas não ficaram nem um pouco contentes com isso mas não havia muito o que fazer a respeito. Enquanto passeávamos íamos conhecendo um pouco da cidade.

1449865326643
Arte e Arquitetura

Primeira parada Santa Maria Del Fiori, Igreja extraordinária. Lindos afrescos e subir até o Duomo seria uma aventura, mas só Rafael subiu. As meninas estavam cansadas e foi o mais prudente a fazer. As escadarias estreitas e degraus apertados renderam ao meu marido um desconforto no joelho. Ponto pra mamãe aqui que tomou o cuidado de levar pomada para contusões entre os medicamentos, afinal  nunca se sabe…

 

 

DSC09668
Fachada da Catedral Santa Maria del Fiori- Duomo de Florença
DSC09697
Cúpula da catedral com afrescos representando o juízo final
Jpeg
Selfie no topo com imagem da cidade ao fundo!
DSC09779
Vista da Cidade

Nunca deixe de visitar o mercado municipal, esse ou de outra cidade qualquer, são sempre uma surpresa, mas o Mercado de Florença é muito aconchegante e encantador. Almoçamos lá em um dos muitos restaurantes e pudemos desfrutar um vinho branco maravilhoso. Rafael comeu um polvo, Bia foi de lasanha bolonhesa e eu de cordeiro, estranhamente Isabel só beliscou dos nossos pratos, acho que ainda não estava se sentindo bem. Mas tudo estava muuito bom!!

Jpeg
Iluminação natural e boa comida=Mercado de Florença
1449865319082
Polvo gratinado com pure de batatas!!

Depois dessa experiência gastronômica resolvemos passear mais pela cidade e eis que nos deparamos com uma exposição sobre Leonardo da Vinci, grande pintor e artista renascentista que, além de belas obras  de arte,  fez estudos em diversas áreas e  inventou muitas coisas que seriam usadas na era Moderna. Beatriz adorou experimentar as invenções e descobrir um pouco da física antiga. A exposição tem uma sala totalmente interativa com diversos experimentos realizados por Leonardo da Vinci. Isabel estava cansada e fiquei com ela assistindo ao documentário da vida do artista, que ela gostou muito, especialmente da parte da infância do Leonardo e da parte que falava das invenções bélicas, mostrou sua influência nas invasões francesas e depois disso todo lugar que íamos ela perguntava: “os franceses passaram aqui também?”

 

Jpeg
Exposição Leonado da Vinci e suas invenções
Jpeg
Beatriz e as polias
Jpeg
Brincado de Monalisa

Para fechar a tarde com classe paramos num café para degustar um chá  e descansar para a volta ao shuttle e ao hotel.

Jpeg
Chocolate quente para aquecer o corpo e a alma de gordice
1449863030944
Trufon de chocolate
1449863021886
gordices da mamãe!!!

Quando se viaja com crianças é preciso ter duas coisas paciência e bom humor, confesso que nem sempre tenho os dois, mas tento transformar alguns momentos em divertidas brincadeiras que fazem o tempo passar mais rápido e os caminhos ficarem mais curtos. Sendo assim voltamos ao hotel para descansar e planejar o próximo dia.

Toda essa viagem foi feita porque as meninas queriam conhecer a neve, mas o tempo anda tão maluco no mundo todo que não sabíamos se realmente conseguiríamos ver neve.  Como El Niño, tivemos um dezembro de pouquíssima neve no hemisfério norte.

Por isso, Rafael monitorou cidades próximas a todos os lugares em que passaríamos e avaliou a possibilidade de neve naquela época. Resolvemos subir para Abetone(Abetone? Onde é isso?) e depois visitar Pisa e sua torre famosa no dia seguinte.

Será que finalmente veremos a neve?

see ya!

 

Dicas deste Post:

  • Esqueça o carro para se deslocar em Florença – Existem muitas ZTLs (Zona de traficco Limitatto) em que não é possível passar.  É grande a chance de uma multa.  Prefira o transporte público ou os shuttles dos hotéis.
  • São cerca de 400 degraus até o topo do Duomo de Firenze.  Só vá se estiver em perfeito condicionamento físico.   Por ser muito estreito o caminho, não dá para se arrepender e voltar do meio do caminho.  Dito isto, a vista é imperdível e vale o sacrifício.
  • Pegamos um hotel perto do aeroporto, no setor norte da cidade.  Ele dá acesso fácil através das auto estradas, o que facilita o deslocamento de carro para outros lugares(relembrando: para o centro da cidade, esqueça o carro!)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *