Quem tem boca vai a Roma!

Dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora Conceição Imaculada, o Papa Francisco abre as portas do Jubileu da Misericórdia, é com esse sentimento que pegamos o trem em Milão na estação Milano Centrale rumo à Roma.

Os sistemas de trem funcionam perfeitamente na Europa, e a pontualidade é realmente espantosa. Pensando nisso e estando com duas crianças saímos bem cedo para que não chegássemos depois do trem já ter partido. Mais uma vantagem para a rede Accor, pudemos fazer o check out online e apenas depositar as chaves na saída, ganhamos tempo!

Nossos bilhetes, como todos os outros, já estavam comprados via internet no Brasil ainda, levamos tudo impresso e para entrar era só apresentar o impresso com o QR code que  era scaneado e assim confirmado  as entradas. Não tivemos problemas com bagagens pois como já dissemos optamos por levar  mínimo de bagagem e todas de tamanho de bordo para facilitar exatamente esses deslocamentos.

Nossa passagem era de segunda classe, mas não quer dizer que viajamos mal, os vagões são super confortáveis e tudo para as pequenas era uma grande novidade. Adoraram a mesinha, o banheiro e o vagão restaurante. Eu só queria dormir mais um pouco!

1449563415966
Trenitália para Roma

A viagem é relativamente rápida pois o trem ia a uma velocidade de  300km/h, então apesar das paradas a viagem durou apenas três horas e chegamos em Roma ainda antes do almoço.

Nossa maior preocupação era  que precisávamos ir até a embaixada brasileira buscar os convites para a audiência com o Papa no dia seguinte, então tínhamos que deixar as malas no hotel e ir até lá. Uma amiga da minha irmã, também de Cachoeiro de Itapemirim(minha cidade natal) trabalha na embaixada e nos conseguiu os convites para ficarmos mais pertinho do Papa.

300x177x4-53c2e1f91c324da198d709505f67d62c95371ebf008cb.jpg
Praça de São Pedro em dia de Audiência do Papa
praca-de-sao-pedrovip
Área dos convidados e local do Papa

Em Roma optamos por um hotel Mercure, mas desta vez não pudemos ficar todos no mesmo quarto, de fato foi mais chato mas não foi um empecilho. Malas nos quartos, fomos em direção ã Embaixada (de Uber!), não foi difícil achar e mesmo sendo feriado em Roma neste dia. Fomos muito bem recebidos pelo porteiro e os convites estavam prontamente separados em meu nome. É o que eu sempre digo: “O mundo é uma ervilha e tem um cachoeirense em cada esquina!”

Almoçamos em um dos aconchegantes restaurantes na Piazza Navona e fomos conhecer alguns pontos turísticos, aproveitar o restante do dia e o que ainda restava de sol, já que no inverno os dias são mais curtos e cinco horas já é noite!

DSC09306
Fontana di Trevi

E mais uma vez nos perdemos na volta para o metrô em uma praça arborizada próximo ao Coliseu ( dava para ver de longe) e já de tardinha quando todos os pássaros estavam se preparando para dormir nas árvores, um espetáculo natural à parte, mas tentem lembrar de não ficar muito tempo andando por ali pois logo serão atingidos, como de fato nós fomos!

DSC09358
Andorinhas, muitas Andorinhas…. Socooorroo
DSC09389
Vista Coliseu

Enfim, voltamos ao hotel, jantamos, drink de cortesia e fomos dormir pois o dia de amanhã era de muitas emoções no Vaticano.

Por mais cedo que você acorde, por mais planejamento que se faça, com crianças fatalmente você acaba se atrasando. Neste caso não é que tenhamos chegado tarde mas os outros madrugaram! Quando chegamos, a praça São Pedro já estava beeem cheia. Passamos pela revista oficial e procuramos os lugares dos convidados. Bebel fez até um desenho e endereçou ao Papa Francisco, eles recolhem todos os presentes e certificam que você colocou nome e endereço, talvez ele responda né?

Todos são muito educados e tinha gente de toda a parte do mundo, por isso a cerimônia e cada oração era feita e repetida por um sacerdote falando cada língua da maioria dos presentes. O Papa falou em Italiano e cumprimentou os hermanos de lingua espanhola em sua lingua. Tudo é muito metodicamente calculado e mesmo que alguém tentasse não iria conseguir burlar a organização e segurança.

As orações eram voltadas para a Misericórdia já que estávamos iniciando o Jubileu da Misericórdia. Misericórdia para com o próximo seja ele quem for. Levamos alguns objetos, terços para serem abençoados e trouxemos de recordação. Proteção e benção nunca é demais.

Após a audiência a programação era seguir para o Museu do Vaticano, ingressos também comprados com antecedência e já com almoço marcado no restaurante do museu para as 13:00 horas. Ok, dá tempo  se fizermos o tour curto do museu, mas eis que no meio do caminho tinha a sala de peças egípcias, e eles adoram o Egito, nos distraímos e quando vimos, tínhamos pegado o caminho mais longo. Ui e já estava perto do horário do almoço, então… foi a visita mais corrida ã capela sistina que já se viu, parecia propaganda de TV.

Depois que almoçamos voltamos para ver o que relamente não podíamos perder.

 

 

Jpeg
Maravilhosas pinturas renascentistas no teto da capela Sistina

Novamente fomos surpreendidos com o interesse das meninas pela História e Arte, explicamos rapidamente o renascimento e quando surgiram os conceitos de perspectiva, e elas acharam tudo uma grande novidade mas no fim já estavam exaustas, com fome, com sede… Uma passadinha na Praça de São Pedro para últimas fotos e na loja para últimos gifts e bora pegar o metro de volta para o hotel.

Jpeg
catedral de São Pedro, vista ã noite

 

Jpeg
Presépio montado  na Praça São Pedro

No entanto resolvemos parar no meio do caminho para comer, afinal as bexigas estavam cheias e apertadas, e nesse caso qualquer lugar com um banheiro estava de bom tamanho! Não deu tempo e ela teve que trocar de roupa no banheiro, num lugar meio mais ou menos, mas era oque tinha para hoje, Comemos uma pizza e elas tomaram um suco de grapefruit (acho) e ela nem quis comer toda a pizza, acho que foi aí que tudo começou…

Nesta noite eu dormi com a Isabel e Rafael no outro quarto com a Beatriz, durante a noite ela ficou febril e eu nada dormi monitorando a febre, no fim quando a temperatura ficou maior de 38 graus  e ela vomitou a cama toda, acordei-a e dei-lhe um banho, esperei um pouco mas a temperatura continuava alta. Troquei de lugar com o Rafael e ele a medicou. Ela acordou sem febre depois mas passou o dia todo passando mal, nada ficava no estômago. Não sabemos se foi uma indigestão ou uma infecção, quase acionamos o seguro, mas resolvemos aguardar para ver se não era mesmo de algo que ela havia comido.

No dia seguinte, pegamos o carro na Hertz para irmos para Florença e assim nos despedimos de Roma. Ah sim, o carro! Alugamos um modelo tipo Fiesta, mas quando chegamos lá ele não tinham nenhum disponível e portanto nos ofereceram um modelo SUV/Mnivan pelo mesmo valor, seria uma carro maior e ficaríamos melhor acomodados, mas não pensávamos que seria um carro tão maior!

Mercedes Vito

Pegamos a estrada e a vista é espetacular!

Algumas imagens da paisagem na estrada

Paramos apenas uma vez no caminho para almoçar mas a Bel, vomitava tudo que comia e bebia, ainda estávamos apostando numa indigestão, pois os exames dela estavam  bons e ela tinha acabado um ciclo de antibióticos antes de viajarmos. Contactamos nossa pediatra via whatsapp que nos aconselhou a monitorar os sintomas e caso piorasse que deveríamos acionar de fato o seguro.

E agora?

See ya

 

Dicas deste Post:

  • Existe Uber nas principais cidades italianas.  Como os táxis cobram por bagagens carregadas, o Uber pode ser uma opção mais confortável e mais barata ao se deslocar de/para aeroportos e estações de trem.
  • É possível obter convites para uma audiência papal, mas é preciso seguir uma série de passos, listados no site do Vaticano.  Chegue com pelo menos 2 horas de antecedência para se posicionar melhor.
  • O trânsito dentro das cidades italianas é bem complicado, então prefira dirigir nas estradas, que são fantásticas.  Pegamos o automóvel numa agência localizada junto à Autostradale para evitar ficarmos engarrafados.
  • Curta a paisagem! Dirigimos entre Lazio e Toscana emuma paisagem de outono/inverno maravilhosa.  Não dá para ver estes cenários viajando de avião ou trem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *